Para despertar a vontade de alguém entrar em seu estabelecimento é preciso ter uma fachada que chame a atenção. E se eu te disser que um letreiro de loja mal feito ou feio pode colocar tudo isso a perder?

Isso mesmo, fachada e letreiro são itens distintos em um projeto de comunicação visual.

Então primeiro, que tal entender a diferença entre eles?

A fachada de uma empresa engloba porta, paredes e decoração externa, entre outros detalhes, como o letreiro. Isso quer dizer que fachadas comerciais podem ter letreiros ou não.

Já o letreiro é a inscrição ou o elemento que expõe o nome do estabelecimento, marca slogan, dados de contato ou até os serviços oferecidos. Então um letreiro pode integrar uma fachada ou apenas sinalizar itens do projeto de comunicação visual no interior da loja, por exemplo.

Algumas formas de explorar essa dupla:

  • Fachadas sem letreiro: neste caso os painéis substituem os letreiros, que normalmente são confeccionados em alto relevo e ideais para destacar o nome da empresa.
  • Fachada com letreiro: esse recurso pode estar presente como complemento da fachada, só tenha cuidado ao escolher as informações, formato e cores que pretende utilizar no letreiro.
  • Letreiros independentes: ou seja, eles fazem parte do contexto, mas são utilizados para identificar, sinalizar ou gerar um engajamento com o público, como esse na entrada do Rock in Rio, que se tornou o cartão postal das selfies do festival.

Letreiro do Rock in Rio

Deu para perceber que há inúmeras combinações para explorar esses dois recursos e garantir uma apresentação inesquecível para o seu negócio.

O maior desafio é criar um projeto que leve em conta a identidade visual do negócio, público-alvo, localização e também os objetivos da empresa, seja relacionado a mensagem que você quer transmitir até quanto pode investir.

Nessa hora profissionais de comunicação visual podem ajudar a definir a melhor solução para a fachada do seu estabelecimento.

Passo a passo para criar um letreiro inesquecível:

1 – Padronize a tipografia

A tipografia é o estilo de fonte utilizado para escrever os letreiros.

O ideal é que a mesma fonte seja empregada em diversos materiais com o objetivo de manter a identidade visual da marca.

Em um letreiro funciona bem deixar o nome da empresa em uma letra maior e optar pela fonte menor nas informações complementares como slogan, site ou telefone.

Se sua empresa possui uma identidade visual procure manter o padrão em toda comunicação visual da empresa, seja na tipo da letra, elementos gráficos ou cores.

Criar um padrão na comunicação visual transmite mais credibilidade à empresa.

2 – Escolha as cores

Aposte no contraste de cores da fachada e do letreiro para facilitar a leitura.

Valorize o letreiro de sua loja com tonalidades ou estampas que façam referência ao seu ramo de negócios.

E lembre-se: cada cor transmite uma mensagem!

Restaurantes preferem utilizar cores vermelho e amarelo, que aguçam o apetite.

3 – Defina o material

Um letreiro pode ser confeccionado em diferentes formas e materiais, conheça os principais e suas características.

Letras caixa com LED: essa é uma das opções mais conhecidas e pode ser empregada tanto na fachada como na comunicação visual e em elementos decorativos da empresa. A iluminação pode ser frontal ou indireta, quando a luz é projetada diretamente na parede ou na superfície em que o letreiro será aplicado, como foi feito no estabelecimento da foto.

Lord Hotel
Fachada e letreiro com letra caixa com LED confeccionados para o Lord Hotel em Cascavel/PR pela AGF Soluções em Fachadas.

Acrílico: letreiros com esse material possibilitam um acabamento perfeito em qualquer medida. Isso porque as peças são cortadas a laser.

MDF: apesar do baixo custo, sustentabilidade e durabilidade, os letreiros em MDF não podem, de forma alguma, serem expostos ao tempo (chuva e sol). Podem ser utilizados em fachadas, contato que fiquem protegidos.

PVC expandido: muitas vezes é confundido com o MDF e também pode ser serrado e lixado. Mas a maior vantagem desse material é a necessidade de pouca manutenção, por isso apresenta o melhor custo-benefício. Além de ser bastante resistente à água e umidade.

Chapa galvanizada: também conhecida como letras em alto relevo, podem ser combinadas com LED. Trata-se de um material versátil, pois pode receber vários acabamentos, cores, recortes e estilos. São bastante comuns em fachadas comerciais.

Aço inox: para quem procura resistência, esse é o material mais indicado para ambientes externos, principalmente para empresas em regiões litorâneas, uma vez que não sofre o efeito da maresia. Ao mesmo tempo que são rústicas, garantem requinte à fachada.

Viu só como é possível valorizar sua fachada com o letreiro de loja inesquecível para atrair clientes?

E a gente pode te ajudar nisso!

Ganhar diagnóstico gratuito

O que você achou desse conteúdo?

Ganhe uma avaliação gratuita da sua empresa e descubra como aumentar as vendas. Começar agora

Deixe seu comentário para a gente