Se você sempre teve dúvidas na hora de escolher uma cor para pintar a fachada da sua loja, a arquiteta Camila Müller vai ajudá-lo a descobrir como as cores na arquitetura influenciam o processo de compra.

Mas antes ela precisa te contar um segredo: primeiro desconstrua o mito da cor ideal.

Isso mesmo, a arquiteta defende que não existe necessariamente uma cor ideal. O ideal mesmo é encontrar a cor (ou conjunto de cores) que melhor se adequa ao seu segmento e proposta de negócio.

Com base na psicologia das cores na arquitetura você vai descobrir a melhor paleta de cores para utilizar em sua fachada comercial. Pode apostar!

Marcas como Coca Cola, McDonald’s, Renner, Americanas, entre tantas outras, exploram minuciosamente o poder do significado das cores na arquitetura para impactar cada vez mais consumidores. Falamos disso mais além!

Então quais são as melhores cores na arquitetura?

Entendendo a importância da iluminação

O que é cor?

Cor nada mais é do que a reflexão da luz. Na ausência de total luz não existe cor.

Todo material quando recebe a incidência de ondas de luz branca tem a capacidade de refletir ou absorver determinadas frequências. Consideramos a luz branca proveniente do sol e consideramos como luz todas as ondas do espectro visível, ou seja, todas as ondas que o olho humano pode enxergar.

Dessa forma, as ondas que são refletidas revelam a cor de cada objeto. As cores branco e preto são a reflexão total de luz e absorção total de luz.

Conhecendo a paleta de cores na arquitetura

Uma das maiores dificuldades e dúvidas quando precisamos escolher cores está no desafio de harmonizá-las. Ou seja, combinar as cores de maneira que possam ficar agradáveis e atinjam o objetivo que queremos.

Para auxiliar nessa escolha para descobrir a cor ideal para fachadas comerciais, existem alguns conceitos básicos que facilitam na hora de fazer a harmonização.

Você já ouviu falar na roda das cores?

É uma ferramenta simples e bastante útil, que mostra com clareza a associação de cores, revelando a psicologia das cores na arquitetura.

A roda é dividida entre 12 cores do espectro, sendo seis cores quentes e seis cores frias. As quentes são os tons avermelhados e amarelados; e as frias as cores esverdeados e azulados.

CORES ANÁLOGAS

São as cores que estão lado a lado na roda das cores. A combinação delas gera pouca diferença de contraste, ou seja, elas se complementam, porém não geram grande destaque uma com a outra quando são utilizadas em conjunto.

Exemplos: vermelho/laranja, verde/amarelo, azul/violeta.

CORES COMPLEMENTARES

São cores que estão opostas na roda das cores, ou seja, as cores que possuem maior contraste entre si e que mais geram destaque quando combinadas juntas.

Exemplos: verde/vermelho, azul/amarelo, laranja/violeta.

MONOCROMIA

As cores que chamamos tom sobre tom são aquelas que possuem a mesma pigmentação, porém nuances diferenciadas. Quando mais ao centro da roda, mais escuras, quando mais na extremidade, mais claras. Esse tipo de combinação traz maior segurança na aplicação.

Exemplos: tonalidades de verde e de vermelho permeando ao rosa.

É importante lembrar que existe uma grande variação de combinação de cores quando utilizamos a roda das cores. A regra principal é que elas precisam atingir o objetivo com o que estamos trabalhando.

Qual é a melhor cor para fachada?

Ok, sabendo um pouquinho sobre cores, vamos para a próxima etapa: como eu posso utilizá-las no comércio?

Para acertar nessa escolha você precisa entender qual é o significado das cores na arquitetura e como o cérebro entende cada uma.

As cores têm forte influência sobre a arquitetura comercial e o comportamento do consumidor, provocando sensações no cliente. E é nesse o ponto em que devemos estar atentos. Desta forma você fará uma escolha estratégica.

Nesse processo 5 perguntas básicas são necessárias para você entender qual mensagem quer passar ao público e como quer ser visto como marca:

  1. Qual é o meu segmento de atuação?
  2. Quem é o meu público e quais são as características dele, como faixa etária, classe econômica, comportamento, gênero)?
  3. O meu estabelecimento é de permanência ou é rotativo?
  4. Qual tipo de produto eu vendo?
  5. Quais são as cores da minha logomarca?

Depois de responder essas perguntas dá para ter um direcionamento de qual paleta de cores escolher para a sua loja, incluindo fachada e interior, levando em consideração qual estímulo estamos causando no cliente: calmaria, euforia, agitação.

Sempre lembrando que devemos associar, além de cores, elementos como iluminação, localização do acesso, vitrines e layout. E para isso é indicado sempre o auxílio de um arquiteto especializado em arquitetura comercial, pois as cores podem ajudar a vender um produto.

O mobiliário, a vitrine e a fachada não podem se confundir com as mercadorias, fazendo com que tudo vire uma bagunça. O ideal é que o produto seja destacado. Para ajudar nessas escolhas, esse infográfico sobre a psicologia das cores pode ajudar.

Psicologia das cores na arquitetura

Explore um algo a mais das cores na arquitetura!

Além da psicologia das cores, ter consciência e fazer uma análise do contexto local onde você está inserido pode fazer grande diferença na hora de escolher a paleta de cores.

É preciso compreender como se destacar entre seus vizinhos (e possíveis concorrentes) e verificar a existência de fatores limitantes para trabalhar adequadamente com eles. Por exemplo:

Quando a loja é no térreo de algum edifício, é importante verificar a cor deste edifício. O mesmo vale para lojas dentro de um shopping ou está no meio de duas lojas extremamente coloridas.

Ou seja, é necessário analisar todos os fatores que circundam o seu estabelecimento e optar pela solução que mais pode chamar atenção e mais se adequa o seu público alvo.

Esse é o segredo para as melhores cores na arquitetura quando falamos de fachadas comerciais. Sabendo disso e colocando essas mudanças em prática, é só uma questão de tempo para atrair novos clientes e vender mais!

Solicite agora um diagnóstico gratuito para iniciar essa transformação!

O que você achou desse conteúdo?

Ganhe uma avaliação gratuita da sua empresa e descubra como aumentar as vendas. Começar agora

Deixe seu comentário para a gente